Premio Itaú UNICEF 2015 ( Região Centro Oeste ) – Educação Cidadã: Rompendo Paradigmas E Construindo Saberes

O Projeto

O Projeto Educação Cidadã: Rompendo Paradigmas e Construindo Saberes, tem como base metodológica a pedagogia de Paulo Freire, educação para a autonomia, e não de tutela, realizada em conjunto com crianças e adolescentes, e não para crianças e adolescentes. O objetivo principal é complementar a educação formal buscando garantir os direitos de crianças e adolescentes à educação integral, cultura, esportes, lazer, cidadania e dignidade.

As Oficinas do Projeto oferecidas aos alunos e alunas da escola municipal Professor Vanderlei Rosa de Oliveira são: Auxílio tarefa, Atletismo, Judô, Natação, música, Informática e cidadania. O IMCP realizará as oficinas no período matutino, das 8h00 às 11h00, e no período vespertino, das 13h00 às 17h00, na sede do Instituto, sendo que as reuniões junto as famílias acontecerão em horário que facilite a participação dos mesmos, podendo, inclusive, ocorrer em período noturno.

Elaborado pela consultora Alexandra Lopes da Costa é Coordenado pela Coordenadora Pedagógica Carla Rodrigues do Instituto Maná do Céu e realizado em parceria com a Escola Municipal Professor Vanderlei Rosa de Oliveira, sob direção de Ângela Maria Faustina Oliveira.

A parceria existe desde 2013, foi quando percebemos que mais de 40 por cento dos participantes dos Projetos do Instituto eram os alunos da Escola Municipal, estreitamos os laços e fortalecemos os vínculos.

O Instituto Maná do Céu       

                                     

O Instituto Maná do Céu para os Povos é uma Organização não Governamental da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), sem fins lucrativos, fundada e constituída legalmente em 2009, por iniciativa do engenheiro Ivan Lúcio Rodrigues, no município de Campo Grande, capital do Estado do Mato Grosso do Sul (MS), na região Centro-Oeste do Brasil.

No entanto, a história do Instituto começou antes mesmo de seu registro formal. Em 2008, inconformados com a situação miséria, violência e desesperança que afligia inúmeras famílias residentes na região do Prosa, área que abrange 11 bairros periféricos do município, incluindo o Parque dos Novos Estados, onde funciona hoje a sede de nossa organização, Rodrigues promoveu um levante sensibilizando amigos, colegas de trabalho e membros da família que comungavam com os mesmos objetivos a fim de realizar ações que pudessem garantir minimamente os direitos sociais básicos desses cidadãos.

Em pouco tempo, estava consolidada uma rede de parceiros e colaboradores, entre empresários, gestores de políticas públicas e profissionais liberais voluntários, que se dispuseram a oferecer auxílio para transformar a realidade destas famílias que passavam por toda sorte de dificuldades e se encontravam em situação de extrema vulnerabilidade socioeconômica.

Após um ano de trabalhos sociais desenvolvidos na região ainda havia muito a ser feito. Isso despontou o desejo coletivo no grupo de voluntários em criar uma organização para ampliar as possibilidades de intervenção e promover um atendimento mais efetivo que pudesse verdadeiramente transformar as vidas destas famílias.

Assim surgia o Maná do Céu para os Povos, tendo como objetivo contribuir para o crescimento e o desenvolvimento da sociedade, promovendo a garantia dos direitos humanos e a inclusão social de pessoas historicamente marginalizadas, disseminando valores despojados de preconceitos e enfrentando todas as formas de violência e discriminações, em consonância com os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio.

Atualmente, o Instituto atende mais de 500 famílias carentes e suas ações atingem indiretamente 1,5 mil pessoas de diversas regiões da cidade. Essas famílias passam por uma entrevista com a assistente social e são cadastradas na organização para participação em seus projetos, cursos e demais atividades.

A Escola Municipal Professor Vanderlei Rosa de Oliveira e a parceria

A Escola Municipal Professor Vanderlei Rosa de Oliveira está situada no Bairro Novo Maranhão, região próxima à sede do Instituto de Desenvolvimento Humano, Social, Econômico e Cultural Maná do Céu para os Povos. Trata-se de uma área periférica da cidade, conhecida por Região do Prosa, que aglutina 11 bairros distantes do centro, alguns com pouca infra-estrutura e muitas famílias em situação de vulnerabilidade social.

Apesar do crescimento e desenvolvimento significativo da região nos últimos anos, caracterizado pelos Programas do Governo de Moradia Popular, a construção de um condomínio de primeira classe e da inauguração de um Shopping de luxo, que contrastam com o padrão de vida da imensa maioria dos moradores, a criminalidade, a violência, o consumo e o tráfico de drogas continuam gerando preocupação na população local, especialmente das famílias com filhos, crianças, adolescentes e jovens, bem como da diretora e dos demais educadores da escola .

Neste contexto, muitas mães e pais ficam apreensivos e receosos em deixar os filhos em casa sozinhos, com idosos ou terceiros, durante a maior parte do dia, em que se ausentam para ganhar o sustento da família no mercado de trabalho. Diante desta realidade, o Maná do Céu para os Povos e a Escola Municipal Professor Vanderlei Rosa de Oliveira estreitaram os laços entre si, e a comunidade somando esforços para a construção coletiva e criativa do presente Projeto com o objetivo de complementar a educação formal buscando garantir os direitos das crianças e adolescentes à educação integral, cultura, esportes, lazer, cidadania e dignidade

A experiência do Maná do Céu na área do esporte educacional, também é reconhecida nacionalmente pela segunda colocação no Prêmio Petrobras de Esporte Educacional, concedida o ano passado ao Projeto “Velozes do Amanhã”, também constitui um dos pontos fortes e diferenciais do Projeto “Educação cidadã: rompendo paradigmas e construindo saberes”, na oferta do esporte como meio de inclusão social, desenvolvimento da autonomia, da autoestima e do senso de cidadania.